Notícias Astral

3 dicas para evitar pragas em seu condomínio

  • Vistoria das áreas comuns: pelo menos quinzenalmente o síndico deve proceder a uma vistoria nas áreas comuns do condomínio. Havendo qualquer manifestação em formigueiros ou o surgimento de formigas ou qualquer outro tipo de inseto, deve-se fazer o processo de controle e mantendo a limpeza do local.

 

  • Dengue: o mais sério problema das áreas urbanas na atualidade é o mosquito da dengue. O trabalho de limpeza das áreas comuns deve ser uma das obrigações do zelador, evitando qualquer vasilhame com água parada, que possa abrigar larvas do aedes aegypti. Os condôminos também devem ser instruídos com relação a isso, evitando vasos com água ou qualquer tipo de vasilha que possa servir para o desenvolvimento de larvas.

 

  • Limpezas periódicas : a limpeza periódica de ralos, que devem ser dotados de tampa abre e fecha, de piscinas e caixas d´água (estas devem ser vedadas). Nas lajes e marquises, verificar sempre se a água da chuva tem bom escoamento. “O poço do elevador armazena muita sujeira e precisa ser limpo pelo menos uma vez por semana. Além disso, a cada 6 meses, chamar uma empresa de controle de pragas para manutenção da desinsetização do local.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram